domingo, 10 de agosto de 2014

às onze voltou a ligar,

já eu andava nas compras.
deixei tocar cinco vezes e, à sexta, atendi.
- desculpe lá aquilo de há bocado - disse eu, baixinho, e a seguir desculpei-me de novo.
- e desculpe estar a falar tão baixinho, mas é que estou no pingo doce e isto aqui está cheio de gente por todos os lados...
respondeu-me que compreendia perfeitamente e que não queria atrapalhar-me.
- era só para saber se está acordada - ouvi-o dizer, também em voz baixa.
fez-se um pequeno silêncio e, de novo, pedi-lhe
- acha que me pode ligar mais daqui a bocado?

Sem comentários:

Enviar um comentário